Ultrassom industrial para equipamentos

Para verificar a estrutura de aparelho e equipamentos no setor industrial é comum que sejam utilizados testes de ultrassom, por meio de suas ondas sonoras e seus reflexos é possível captar as ondas e identificar quais locais precisam de reparos.

Diferente do que se imagina, o ultrassom não é apenas um exame feito em seres vivos para avaliar sua saúde, o ultrassom convencional também pode ser utilizado para verificar e analisar estruturas de metal e construções, seu uso é feito um pouco diferente e pode ser feito em um escala mais ampliada do que em hospitais, mas possui a mesma função.

Através das ondas sonoras do ultrassom é possível identificar se há falhas e descontinuação nos aparelhos e equipamentos analisados, pois ele gera um resultado de onde seus reflexos sonoros foram alcançados e onde não houve alcance dos reflexos.

Diferença entre ensaio destrutivos e não destrutivos

O ultrassom é um método de ensaio não destrutivo, por isso pode ser utilizado enquanto o aparelho está executando suas tarefas normalmente, sem se preocupar com o andamento da produção e o desempenho do equipamento, o ultrassom não atrapalha em nada na operação, o que é bem diferente dos ensaios destrutivos que precisam interromper e forçam o funcionamento dos equipamentos, podendo causar desgastes em suas estruturas para avaliar seu desempenho e durabilidade.

Existem alguns tipos de ensaios não destrutivos que são mais utilizados, entre eles: a radiografia que utiliza um quantidade de radiação e os ultrassons phased array e o convencional, esses dois últimos são eletrônicos, porém de níveis, sensibilidades e com tecnologias um pouco diferentes.

Postagem criada em: 10/05/2022 - 16:58


Sobre a categoria dessa página Soluções: Conheça um pouco mais sobre as soluções oferecidas por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.