Portas de Incêndio Adequadas às ABNTs

Procurando por portas corta fogo NBR 11742 para compor o sistema de saídas de emergência do seu estabelecimento? Procure por uma empresa especializada no assunto para fornecer estas portas, dispondo de excelente custo-benefício, ao mesmo tempo que garante a sua máxima segurança em uma emergência de incêndio.

É importante ressaltar que estas portas devem seguir todas as normas técnicas de segurança, seja na composição de seus materiais, seu design, fabricação, processo de instalação e manutenção.

Mas afinal, qual o grande diferencial destas portas e por que elas precisam estar adequadas à NBR 11742? Vamos entender melhor a seguir. Atente-se às informações:

A NBR 11742 é a norma técnica contida dentro da ABNT que especifica os requisitos exigíveis para a porta corta fogo em saídas de emergências do tipo de abrir, com eixo vertical. Entre os requisitos, os de fabricação, instalação, funcionamento e manutenção das portas, são os mais importantes a serem seguidos pelas empresas do ramo.

Podemos encontrar diferentes tipos de portas adequadas à esta norma, suas diferentes classes são de acordo com a sua resistência ao fogo:

  • Classe P-90, quando sua resistência mínima é de 90 minutos; e
  • Classe P-120, quando o tempo de resistência mínima ao fogo é de 120 min.

O Corpo de Bombeiros somente aceita a classe P-60 em locais que são compartimentados, ou seja, onde há uma sequência de duas portas, formando um hall que antecede o acesso ao local principal. Este tipo de esquema arquitetônico é mais comumente visto em edificações mais antigas e, com o seu custo semelhante ao da P-90, engenheiros e arquitetos atualmente optam por portas P-90 em seus projetos e adequações.

Postagem criada em: 25/08/2021 - 11:44


Sobre a categoria dessa página Manutenção: Conheça um pouco mais sobre os serviços de manutenção oferecidos por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.